a tocante história do amor entre Rowan, o bailarino palhaço, e a putinha dos bambolês

pra mim, esse é o vídeo seminal do hooping, tendo sido o grande responsável por minha visão de hooping e das possibilidades envolvidas.

o vídeo foi extraído do filme the cost of living, da dv8 (que é uma companhia da dança/teatro/cinema MUITO MASSA).

acho particularmente bonita a forma como o bambolê simboliza não só o afeto em si, mas também a parafernália de sedução que, em um primeiro momento, não permite que qualquer um se aproxime da menina dos bambolês. quando, no final, ela sai de mãos dadas com o mocinho Rowan os dois precisam andar distantes. por fim, os bambolês trocam de mão, os dois andam juntos, sob a leveza de um único bambolê que os dois manipulam, em um fluxo de movimento compartilhado.

é uma alegoria espetacular dos romances contemporâneos, mas vai além disso. é pura poesia visual. como eu já disse antes, esse filme é obrigatório para todos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s